Welcome to UPEI - Parte I - A Vida na Residência

em sexta-feira, 8 de fevereiro de 2013 com 7 Comentários

Olááá gente bonita, como vocês estão?

Eu sei, eu sou uma filha/amiga/parente/aluna/pessoa desnaturada que parou de postar no blog há 2 séculos, mas sejamos justos, a vida aqui não tá fácil e meu querido notebook não está cooperando. Vamos a um resumo das últimas semanas:


  • Estudar;
  • Morrer de frio;
  • Me adaptar a comida canadense;
  • Estudar mais;
  • Passar mais frio;
  • Neve;
  • Chuva;
  • Lavar roupa;
  • Cair da escada;
  • Testes, quizzes, questionários, essays;
  • Snow day (quando as aulas são canceladas por causa da neve);
  • Dissecações;
  • Botânica;
  • Café;
  • Noites em claro;
  • Compras;
  • Mais neve.

E isso é tudo que consigo lembrar. Como prometido há 2 séculos atrás, hoje vou começar a apresentar a vocês a University of Prince Edward Island - UPEI. Estudar aqui é... Bem, é incrível. A universidade tem de tudo e te oferece toda a estrutura possível para o sucesso dos seus estudos, de uma biblioteca silenciosa (sim, isso foi uma direta para a UFAL) a ao empréstimo de um Macbook para que possa continuar seus estudos depois que a biblioteca fecha (aliás, só para ressaltar, ela funciona até tarde e abre aos fins de semana. Isso mesmo, tem biblioteca no domingo).

Eu decidi começar a apresentar a universidade pela minha humilde residência porque, convenhamos, com um temperatura média de -10°C a vontade de sair da cama é 0, imagina a de sair da residência! Não, não, nada de ir lá fora só para tirar fotos, a primavera está chegando (distante, mas está vindo) e logo o tempo estará mais agradável. Mas vamos aos que interessa: a UPEI tem três tipos diferentes de residência para os alunos, cada uma com suas vantagens e desvantagens. Como mostrei no vídeo, estou morando no Blanchard Hall, que é um prédio de pequenos apartamentos mobiliados de 2 quartos, banheiro, sala, despensa e cozinha. Muito conveniente.





A parte chata de morar no Blanchard é que, justamente pelos apartamentos terem cozinha completa, é o mais distante do Dining Hall (refeitório), o que é muito inconveniente nos dias mais frios. Bem, temos algumas facilidades. Se você não se importar em comer apenas um lanche, temos máquinas de comida e bebida espalhadas pela universidade inteira.


Eu A-D-O-R-A-V-A estas balinhas em forma de fruta (direita) quando era criança. Fiquei encantada de reencontra-las aqui.
 E não é só refrigerante, temos leite também. Normal ou achocolatado, percebi que canadenses gostam muito de leite e, fala sério, a máquina é uma gracinha.


 Outra coisa que adoro aqui é que você não precisa ter o preço exato do produto na mão, a máquina te passa o troco. As vezes acho que as máquinas daqui são mais inteligentes que eu... Inclusive a impressora da biblioteca que me roubou um dólar! Mas isso é outra história.

Bom, a parte mais difícil de se adaptar aqui é a gastronomia. Digamos que, em geral, a comida tem gosto estranho. Ou de nada. Não consigo decidir o que é pior, mas definitivamente, o auge foi terem me servido ALMÔNDEGAS DOCES. Como se não bastasse, no molho ainda tinha um pedaço enorme de algo amarelo que presumi ser batata e, ao colocar na boca, descobri ser abacaxi. Que legal, né? (para aqueles que não me conhecem bem: eu ODEIO abacaxi com todas as minhas papilas gustativas)

Porém, comida e outros tópicos estão programados para o próximo post, que, juro, será em breve. 

Voltando ao assunto:  nós também temos acesso fácil a máquinas de lavar e secadoras (pagas, claro), também tão inteligentes que te dizem o tempo exato em que suas roupas ficarão prontas dependendo do peso colocado nela. O melhor é que suas roupas saem limpas, cheirosas, desamassadas (eu não entendi como isso funciona, mas é) e super quentinhas.


 Aqui no Blanchard só temos área de convivência (usando termos da prisão...) no térreo, que é onde ficam todas as máquinas e conveniências, aliás. Eu soube que pertencia ao Blanchard assim que entrei porque o lounge é todo decorado em roxo *____*



Daí você me pergunta: viver na residência é legal? Eu adoro. Principalmente porque não tenho certeza se teria coragem de vir a aulas nos dias mais frios se tivesse que pegar um ônibus para isso (sério, vocês do homestay são verdadeiros guerreiros). Sem falar que tem de tudo aqui por perto: de correio a boutiques. É só atravessar a rua e você encontra tudo o que quiser, inclusive uma livraria maravilhosa  da qual eu já tenho o cartão de fidelidade desde o primeiro dia em que pus os pés na cidade... Aliás, desde as primeiras horas, para ser bem sincera. Foi a primeira que fiz depois de chegar na residência, tomar um banho e ligar pra casa. Mas voltando ao assunto, acho super conveniente, a localização é ótima e nós não precisamos nos preocupar com nada além de estudos e algumas obrigações básicas como limpar seu próprio quarto, tirar o lixo e colocar sua própria roupa para lavar. Mas para querer isso também você teria no mínimo que trazer sua mãe junto, né?

Hoje vou ficar por aqui, semana que vem tem midterms ("provas de meio de semestre" em tradução livre) e o negócio por aqui é tão Esparta que depois das provas eles nos dão uma semana de folga. Parece bom, não? #medo

Enfim, espero que tenham gostado das novidades e comentem, seus chatos! Eu sei que vocês estão lendo, parem de me ir me dizer o que acharam no Facebook! kkkkkkkkkkkkkkk

Beijooos! Até o próximo post com "Canadian Lifestyle"

7 comentários:

Thayse disse...

finalmente comentando.. to adorando teus posts!! e ansiosa pelo "canadian lifestyle", principalmente o quesito "comida" hahaha
ah, uma curiosidade.. qdo começam as viagens??
bjs.. e boa sorte nos exames!!

SteffanneSantos disse...

Muiiito legal... E a saudades apertando. :x *-*

Shaula Maíra disse...

Também adorei seu post, Beth!
Gostaria também de ter a oportunidade de estudar um período em uma universidade (incrível) assim... quem sabe um posdoc?
Já achava isso lendo seus diários de campo (rsrs), mas adoro o jeito que vc escreve! Parece que estamos aí passeando na universidade com você.
abraço!


Juh Oliveto disse...

Lizzie, oi!
Confesso que acompanhei sua mudança pelo facebook, mas nem sabia de nada até então... Quanto tempo você vai ficar?

Adorei conhecer um pouco mais da sua vida por aí! Adorei as fotos e as explicações, estou louca para ler (e ver, se puder tirar fotos) mais sobre a livraria e a biblioteca! *-*

Estou na torcida pelas suas provas, preciso dizer que amei sua escrivaninha e você parece super organizada com os estudos! *-*

Espero que as coisas continuem melhorando e o tempo esquente! ;D

Beijocas!
Juh Oliveto
Livros & Bolinhos ~

Victor Emmanuel disse...

Minha gente rs A maquina de leite <3 Pfvr.

Morrendo de inveja. rs

Vandick da Silva Batista disse...

Ei Beth, que saudades das amostragens de arraia eheheeh, beleza tua iniciativa! serás uma pioneira da UFAL no Canadá, sou fã dai (.... é claro que de Vancouver, lá não cai muito do 0 grau eheheh). Aqui também teve neve, foram uns 15 minutos !!! mas tá frio....juro.... ok, até que não é tttttãooo frio. Curte muito, estamos ralando também por aqui, sorte sua que está uns 25 anos na frente da gente !! Beijos, Vandick

Jéssica de Paula disse...

Preciso desabafar: QUE INVEJA DA SUA CANECA UPEI PARA CAFÉ!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Eike casinha bonitinha, in love! Vou te visitar :))
O que diabos o seu pc já tem?
Beijo!

Postar um comentário